domingo, 12 de agosto de 2012

11 meses #tenso

- Alô, Paulo?
- Oi, tô ouvindo... e tentando me recuperar, claro.
-São só dez dias. Ok, é muito, eu sei... Mas vai dar tudo certo.
-Como você está se sentindo, Ju?
-Tô focando no trabalho, Paulo. Não quero sofrer por antecipação. Estarei do outro lado do mundo, sabe... Sem meu filho, sem você, com uma grande diferença de fuso horário, num país com uma cultura totalmente diferente da nossa, trabalhando em carga máxima, correndo o risco do meu filho não lembrar mais de mi...
-Ju!
-Oi!
-Você já tá sofrendo.

Durante o décimo primeiro mês, tínhamos um grande desafio pela frente: a primeira viagem internacional da Juliana após o nascimento do Antônio Bento.
A trabalho, ela precisou ir à Turquia. Consequentemente, acumulei os afazeres domésticos, bem como todos os cuidados com o Antônio Bento. Nosso filho estava exclusivamente sob os meus cuidados e responsabilidade. Claro que ia dar tudo cert...

-Bronquiolite, Paulo.
-Oi, Drª?
-Um inflamação viral nos brônquios. Geralmente acontece no inverno, em crianças até os três anos.
-No caso do Antônio Bento, durante as viagens da mamãe...
-Desculpe?
-Nada não, Drª... É grave?
-Tudo em bebês deve ser acompanhado de perto, papai. Vamos começar com esta medicação aqui.

Lá estava eu, tendo que administrar meu trabalho, nossa casa, a bronquiolite e os remédios. Minha sogra (sempre presente) me deu muito apoio.

Mais carente, provavelmente devido à ausência da mãe e à inflamação, o Antônio Bento ficou excessivamente manhoso. Tive que lidar com diversas crises de choro. Põe diversas nisso... Ele tossia muito e, na maioria das vezes, até vomitar (botando para fora a medicação, a água, a comida...). Não foi NA-DA fácil.

-Leda (minha sogra)?
-Oi, Paulo. Tudo bem?
-Não. O Antônio está com 39 de febre. Teria como você dormir aqui? Tô exausto e sua ajuda seria muito bem vinda. Já tentei dar o antitérmico duas vezes e ele vomitou as duas.
-Claro, estou indo.
Eu pressentia que esta ajuda seria essencial. Durante à noite, precisei novamente ir à emergência pediátrica. O Antônio Bento entrou no antibiótico e nebulizações com Berotec para combater à bronquiolite. Rapidamente viramos um zumbi.

De hora em hora, era preciso medir a temperatura, oferecer muito líquido e comida (vai que ele aceita...). Nebulização de 6 e 6 horas, antibiótico de 12 em 12.  Tudo devidamente anotado na geladeira e programado para despertar no celular. Foram dias difíceis.

-Paulo?
-Oi, como está a Turquia?
-Tudo bem, muito trabalho. E ele?
-Melhorando. Que bom que você volta amanhã!
-Então... Não volto. Precisarei ficar mais dois dias.
(Silêncio).

Foram loooongos dois dias. Depois que a Juliana voltou, tudo voltou ao normal (ironia da vida). Nem sinal da bronquiolite. O Antônio Bento reconheceu a mamãe, sem indícios daquelas terríveis histórias de que o filho esquece da mãe...

Mais maduro, visto que estava para completar um ano, Antônio Bento aprendeu a bater palminhas, conversar mais (na língua dele) e definitivamente, mamar sozinho, segurando sua própria mamadeira.

Foi durante o décimo primeiro mês que decidimos que seria melhor colocá-lo na creche. Visitamos algumas delas aqui no nosso bairro. Muitas com funcionárias despreparadas, lotação máxima (quase um presídio infantil de segurança máxima), bagunçadas e até sujas... Complicado.

O treinamento para andar ganhou força. Se apoiando em tudo, o Antônio Bento não teve medo e percorreu a casa toda. Inúmeras vezes, diga-se de passagem. Sempre é uma festa quando o assunto é ir ao parquinho! Seu brinquedo favorito é um balanço.

O mês de julho foi atípico no Rio de Janeiro. Fomos à praia durante os finais de semana para matar o calor. Tive a honra de participar do programa "Encontro com Fátima Bernardes" para falar de um assunto que vem ganhando destaque no Brasil: "Homens que cuidam de bebês".

Aprendi mais uma vez que com a saúde não se brinca e que a minha felicidade está diretamente atrelada à saúde do nosso filho e a presença da minha mulher em nossas vidas. Sou mais feliz com ela e com ele cheio de vigor e saúde.

Que venha o décimo segundo mês!


Brincando de família turca

Durante o décimo primeiro mês, a cadeirinha que antes era de costas para o motorista, passa a ser de frente.

Bagunça na praia!

Encontro com Fátima Bernardes

Aqui vai o link do programa - apenas para assinantes do Globo.com
Se alguém achar no youtube - mandem o link!

Danoninho!

Felicidade na praia

3 comentários:

  1. Aii que lindo!! Sempre sorridente e os dentinhos da frente kkk muito fofo... não tenho filhos ainda só daqui alguns anos hehe

    Adoro seu blog, podia postar mais vezes =(

    ResponderExcluir
  2. Sentindo imensa falta dos posts!

    ResponderExcluir
  3. Paulo,
    Vi descreve super bem e gosto muito de acompanhar o seu blog.
    Mas é um desperdício que você ultimamente tenha reservado à este espaço apenas um post por mês.
    Estamos nos sentindo órfãos.

    Julia

    ResponderExcluir